Taking too long? Close loading screen.

IMG-20140319-WA0010O projeto do ‘Marco Civil da Internet’ começou a ser idealizado em 2009, por meio da Secretaria de Assuntos Legislativos do Ministério da Justiça, em parceria com o Centro de Tecnologia e Sociedade da Escola de Direito da Fundação Getúlio Vargas no Rio de Janeiro, para regulamentar a internet no Brasil.

Em 2011, o projeto chegou à Câmara dos Deputados, porém permaneceu sem prioridade até que notícias de que as comunicações no Brasil eram alvo de espionagem eletrônica pelos Estados Unidos.

A princípio assusta falar em regulamentar qualquer coisa que seja ligada à liberdade de expressão e à privacidade do cidadão. O Marco Civil tem como principal escopo justamente proteger os usuários contra os abusos que são cometidos por certas operadoras de internet.

O texto proíbe que provedores de internet discriminem certos serviços em detrimento de outros. Isso protege o usuário de ter sua velocidade de conexão diminuída baseada em interesses econômicos. As empresas não poderão, então, diminuir a velocidade da conexão para serviços de voz por IP para dificultar o uso de Skype ou reduzir a banda de um produto de uma empresa concorrente, por exemplo.

Mas, não podemos aceitar que a neutralidade seja feita por meio de decreto presidencial. A regulamentação não pode ser feita pelo Executivo. Defendo, juntamente com o Solidariedade, que a Agência Nacional de Telecomunicações (ANATEL) seja a responsável por organizar as regras para esta neutralidade.

Não se pode conceber que o Executivo assuma essa responsabilidade, quando existe uma agência reguladora da área de telecomunicações. Não podemos entregar um cheque em branco nas mãos do governo federal, seja quem for o Presidente da República.

Sou a favor da neutralidade, mas achamos que esse projeto traz a possibilidade de um intervencionismo inadequado. Precisamos, sim, defender a liberdade, utilizando meios específicos para limitá-lo e, principalmente que exista responsabilidade nessa utilização.

O momento atual, vivido pela Câmara dos Deputados, não é propício para a apreciação da matéria. Não podemos utilizá-lo como plataforma eleitoral. É um tema que não deve ser debatido através de ideologias político-partidárias.

Por isso, o meu posicionamento é de que o Marco Civil é sim um importante projeto para o país porém, ainda precisa de um amadurecimento e, acima de tudo, que a questão sobre a neutralidade da rede tenha um destino que melhor atenda aos interesses da sociedade.

*Simplício Araújo é deputado federal e presidente do Partido Solidariedade no Maranhão

170 respostas em “Marco Civil da Internet: entre polêmicas e resultados”

  1. Pingback: picture fram
  2. Pingback: water ionizer
  3. Pingback: water ionizers
  4. Pingback: alkaline water
  5. Pingback: yellow october
  6. Pingback: xxxcams.mobi
  7. Pingback: kangen water
  8. Pingback: water ionizer
  9. Pingback: alkaline water
  10. Pingback: alkaline water
  11. Pingback: blue notepad
  12. Pingback: Cebu Ayala Land
  13. Pingback: Melanie Bowen
  14. Pingback: Buy viagra in us
  15. Pingback: viagra cialis
  16. Pingback: how much is cialis
  17. Pingback: viagra for sale
  18. Pingback: delivered viagra
  19. Pingback: tadalafil
  20. Pingback: albuterol inhaler
  21. Pingback: hempworx cbd oil
  22. Pingback: cbd vape
  23. Pingback: cialis black
  24. Pingback: buy cialis online
  25. Pingback: viagra cialis
  26. Pingback: levitra vs viagra
  27. Pingback: chloroquine sars
  28. Pingback: cialis walmart
  29. Pingback: buy tylenol
  30. Pingback: chloroquine drug
  31. Pingback: cheap viagra
  32. Pingback: pills for ed
  33. Pingback: cheapest ed pills
  34. Pingback: tadalafil generic
  35. Pingback: top erection pills
  36. Pingback: vardenafil cost
  37. Pingback: casinos online
  38. Pingback: free slots online
  39. Pingback: sildenafil price
  40. Pingback: sildenafil generic
  41. Pingback: buy cialis pills
  42. Pingback: mymvrc.org
  43. Pingback: buy cialis
  44. Pingback: viagra buy
  45. Pingback: cialistodo.com
  46. Pingback: viagra cvs
  47. Pingback: cialis rebate
  48. Pingback: cialis in dubai
  49. Pingback: viagra pills 75mg
  50. Pingback: catapres online
  51. Pingback: cheapest ceftin
  52. Pingback: cost of celebrex
  53. Pingback: cephalexin prices
  54. Pingback: claritin 10mg otc
  55. Pingback: play casino online
  56. Pingback: best casino online
  57. Pingback: play casino
  58. Pingback: usaa car insurance
  59. Pingback: best car insurance
  60. Pingback: payday
  61. Pingback: cbd oil in ohio
  62. Pingback: Viagra approved
  63. Pingback: cheap viagra 25mg
  64. Pingback: cleocin 150 mg nz
  65. Pingback: Generic viagra us
  66. Pingback: Get viagra
  67. Pingback: cialis
  68. Pingback: coumadin 5mg pills
  69. Pingback: cozaar nz
  70. Pingback: crestor pharmacy
  71. Pingback: writing essay help
  72. Pingback: writing the thesis
  73. Pingback: cost of diamox
  74. Pingback: differin tablet
  75. Pingback: diltiazem for sale

Os comentários estão desativados.