Taking too long? Close loading screen.

O deputado federal Simplício Araújo (Solidariedade/MA) cobrou, nesta quarta-feira (23), explicações do Consórcio de Alumínio do Maranhão – Alumar/Alcoa sobre as possíveis demissões que estão previstas para acontecerem no Maranhão. A Alumar anunciou, no final de março, que vai desligar 250 fornos devido à perda de competitividade das operações, diante da elevação dos custos de produção, operação que levaria a demissão de 500 funcionários.

“Já entrei em contato com os presidentes do grupo Alumar/Alcoa cobrando um posicionamento dessas empresas sobre a demissão de 500 funcionários no Maranhão. O governo federal e o governo estadual dão sistemáticos incentivos à Alumar no Maranhão. É preciso que o governo federal interceda e nos ajude a evitar as possíveis demissões”, ressaltou.

Para o parlamentar, é preciso de esclarecimentos sobre o anúncio para evitar prejuízos às famílias. “É lamentável que uma empresa desse porte anuncie que irá demitir funcionários. É importante que se busque soluções e que ninguém saia prejudicado”, ponderou Simplício.