Taking too long? Close loading screen.

Por Simplício Araújo*

IMG_3811As últimas semanas ficaram marcadas por dois eventos distintos na política do Maranhão. De um lado a prática oligárquica, feudal e sem compromisso da governadora Roseana Sarney; de outro lado, a união da oposição em torno do nome de Flávio Dino ao governo.

Ao cobrar do prefeito de Imperatriz, Sebastião Madeira, fidelidade, usando como artifício obras destinadas ao município, a governadora mostrou a quem quiser ver o modus operandis que existe no Maranhão há quase 50 anos. “Eu te dou todas as verbas possíveis e tu me dá o apoio político para que nós sempre estejamos no poder.” Esse foi o motivo da governadora ter dito ao prefeito Sebastião Madeira  tudo o que o governo do estado fez por Imperatriz.

Ou seja, para a governadora, as verbas devem ser destinadas com o único intuito de agraciar os aliados políticos. Todos os municípios que apoiam o projeto de renovação do Maranhão serão expurgados. Serão, sumariamente, excluídos de verbas que de direito possuem. Para o governo estadual, o que vale é apoio político. Quem não compactua com os objetivos da oligarquia vai sofrer as consequências.

Para a governadora Roseana, Imperatriz e todos os municípios administrados pela oposição  são celeiros políticos. Ela nunca tratou e nunca vai tratar a população e seus anseios como prioridades. Sempre serão moedas de troca. Sua fala – em tom de ameaça – ao prefeito Sebastião Madeira é a comprovação de que para a oligarquia o poder está acima de qualquer necessidade da população.

*Simplício Araújo é deputado federal e presidente estadual do Solidariedade

5 respostas em “Roseana assume que destinou recursos em troca de apoio político”

  1. Pingback: picture fram
  2. Pingback: water ionizer
  3. Pingback: water ionizer
  4. Pingback: yellow october

Os comentários estão desativados.