Taking too long? Close loading screen.

Durante fim de semana, o movimento “Diálogos pelo Maranhão” percorre municípios e ouve anseios da população

10354747_4516624849541_6568036852686609609_nNo último final de semana, o presidente estadual do Solidariedade, deputado federal Simplício Araújo, participou de mais uma edição do movimento “Diálogos pelo Maranhão”, que é coordenado pelo pré-candidato a governador Flávio Dino (PCdoB) e pré-candidato a senador, Roberto Rocha (PSB).

Na sexta-feira (30), as necessidades e reivindicações do Médio Mearim foram apresentadas à comitiva do Diálogos. A população relatou as prioridades de investimento para a região. Apoio à agricultura familiar, investimentos em saúde pública e infraestrutura foram os temas mais recorrentes nos debates.

Simplício demonstrou preocupação com os problemas da região, como por exemplo, a rodovia MA 012, que liga São Raimundo do Doca Bezerra a Barra do Corda. “A estrada está completamente intrafegável mesmo sendo uma das muitas promessas do governo do estado”, lamentou o deputado.

O deputado destacou ainda a necessidade de uma regional de saúde. Para ele, é inadmissível que os moradores tenham que se deslocar para outras regiões distantes, ou até mesmo para Teresina, em busca de tratamento. Na região do Médio Mearim foram visitadas as cidades São Raimundo do Doca Bezerra, São Roberto, Igarapé Grande e Esperantinópolis.

No sábado (31) foi a vez do deputado ouvir os anseios da população de Barra do Corda, de Santo Antonio dos Lopes e de Capinzal. A falta de oportunidades para os jovens da região também foi discutida durante o evento.

O presidente da Câmara Municipal de Barra do Corda, vereador Gil Lopes (SD), denunciou que seis, dos oito trabalhadores que morreram ano passado vítimas de desabamento numa obra em São Paulo, eram de Barra do Corda.

1017539_4516623049496_4675519360812141612_n

“Para o desenvolvimento da região defendemos a criação de uma universidade regional em Barra do Corda. Se houvesse qualificação e oportunidades para os seis jovens de nossa terra que foram para São Paulo, eles não teriam sucumbido naquela tragédia”, explicou o vereador, também pré-candidato a deputado estadual.

Em Barra do Corda, Simplício pediu que o governo estadual tenha sensibilidade e conclua a rodovia MA-012. Segundo ele, é fundamental que a estrada sirva como canal de desenvolvimento para toda a região. O deputado demonstrou também preocupação com a falta de água na cidade.

“Barra do Corda não tem água de qualidade, não tem estrada e nenhum hospital que possa atender as demandas da região. Um município importante como esse necessita de mais cuidado por parte do governo estadual”, apontou Simplício.

Em seguida, a comitiva se dirigiu até Santo Antonio dos Lopes. No local, o deputado informou à população que já solicitou ao Ministério Público Federal e à Agência Nacional de Petróleo (ANP) que informem os valores repassados, a título de royalties, ao município de Santo Antônio dos Lopes e, também, onde esses recursos estão sendo empregados, já que a cidade encontra-se completamente abandonada pelo poder público.

“Não acredito que estão tirando dinheiro de Santo Antonio dos Lopes para fazer politicagem em outras cidades cooptando lideranças políticas. É inaceitável. Vamos procurar saber onde foram parar estes recursos, já que é visível que em Santo Antonio dos Lopes não está”, disse o deputado.

O presidente do Solidariedade na cidade, Jadiel França, agradeceu o empenho de Simplício em defender o município e toda a região em Brasília. “Fico feliz em ver que temos um deputado atuante e que olha para os desmandos da nossa cidade. A população de Santo Antonio dos Lopes precisa que essa voz permaneça em Brasília para continuar defendendo nossa cidade”, afirmou Jadiel França.

O movimento “Diálogos pelo Maranhão” encerrou suas atividades do final de semana na noite do sábado (31), em Capinzal do Norte, onde também contou com grande participação popular.